sábado, 29 de novembro de 2008

E tah chegando dezembro...

Eu só queria dar meu parecer e aparecer, de novo, por aqui. To a bastante tempo sumido, eu sei. Ei, tem alguém aqui?

Ah, tá... anyway. Já que o blog é meu, e eu faço a merda que eu quiser aqui, queria dizer o que achei sobre o Chinese Democracy, do "Guns n Roses".

É algo que nem dá tanto assunto,a final, quem tá preocupado com a merda do album do Axl Rose? ;P
Resposta: Eu...

Não vi ninguém falar nada, pelos blogs que freqüento. Saíram algumas noticias e criticas, mas nada muito alarmante, o disco tem recebido bem pouca atenção. A maior parte das criticas são negativas. Não porque a musica seja ruim, mas porque não é como Guns n Roses de Slash, Duff, Izzy, e baterista drogado que não lembro o nome. É o Guns de Axl.

Mas isso na opinião dos criticos. Na minha, o album trás muito do que o guns sempre fez. Só que... cada album, um album. Eles queriam que o Axl seguisse os passos do AC/DC, que lançou um album de repetecos de cosias que eles já fizeram?
Uma cosia que a gente repara no guns e que estão querendo ignorar só pra falar mal, sei lá por que, é: Nenhum album do guns é igual ao outro. Porque o Chinese não pode se diferenciar?

Veja, o AFD (Appetite for Destruction) famoso por sua agressividade e a revolução que causou no mundo do rock, é completamente diferente do que vemos em "Lies", o álbum seguinte. Que também se diferem muito da empreitada maluca "Use your Illusion I e II", dois últimos álbuns de musica original lançados por eles. Sim, até essa época, ainda tínhamos a formação original do guns. Depois desse álbum vem o de cover, "The spaghetti incident", que só pro ser de covers, já é pra ser bem diferente, apesar de mostrar musicas de outras artistas ao estilo mais guns.

Chinese Democracy teria pecado muito mais, se em momento algum relembrasse o estilão Guns. Mas ele está recheado do estilão. Tem musicas marcantes, e etc. E é diferente. Se o Guns não tem um album igual ao outro, O Chinese Democracy só vem ai pra manter isso.
E trás ótimas canções. (tirando "Slacker's Revenge", essa eu odiei xD)

O que as pessoas esperavam do Chinese Democracy? O que o Axl esperava, pra falar a verdade?

O que eu teria pra falar mal do Axl?
Bem, o Chinese não devia ter sido lançado sob o nome do Guns. Porque o Guns não é só ele. Usar o título foi muito egocentrismo. Mas se tivesse lançado no seu nome, aposto que iam criticar do mesmo jeito. E ainda iam dizer que ele é incapaz de inovar, por fazer musicas que remetem o guns. Duvida?

Acho que a birra maior sobre o Axl neste disco, é a demora pra lançar e os adiamentos. Diante do mercado atual, o disco não teve um efeito mais explosivo que a própria noticia de seu lançamento. As pessoas parecem fazer de tudo pra ridicularizar o álbum mais tr00 lançado nos anos e endeuzar coisas podres e de qualidade musical duvidoso, como a maior parte do lixo que faz sucesso na atualidade: o EMO, a decadencia total do rock.

Enquanto isso, os "rockeiros de verdade", hoje, fecham a cabeça pras novidades renegando tudo que é lançado neste milênio, valorizando apenas a velharia. Nem que seja de um daqueles músicos que eles sempre idolatraram, fazendo criticas ardidas e pifeas como se fossem crianças birrentas. E mesmo os trabalhos sendo ao nível de Chinese Demcoracy (na minha opinião um disco a altura de elogios pomposos), despejam idiotices do tipo "Guns tá uma merda, quero o Slash". Dá vontade de mandar tomar no cu bem grande.

Vai ouvir VELVET REVOLVER, então, SEU PUTO! Aquela merda tem o Slash! Não te satisfaz?!

Não entendam mal, eu gosto de Velvet. Apenas usei pra ilustrar como esses caras são infelizes.

No mais, achei o Chinese um álbum nota 9,5. E musicas como Cacther in the rye*, I.R.S. e Better, não deixam a dever em anda para antigos hits da marca, digo, banda. (*minha favorita do disco, tanto por melodia, como por letra)

Claro, eu sou daqueles que amariam ver a antiga formação junta de novo... O velvet tá sem vocal, e lançou uma assim "queremos um vocalista de hard rock". Quem conhece o velvet, sabe que o Duff e o Slash tão lá, eles eram da formação original do Guns. O Izzy disse que seu sonho seria tocar de novo com o guns, se o Axl quisesse. Mas... isso é sonhar demais. E seria sacanagem. ;P
Prefiro as cosias como estão. Sinceras, integras. E se um dia se reunirem, que não seja visto como uma jogada de marketing, que é o que pareceria agora.

Tenho dito.
Fui.

PS.: Preguiça de consertar os erros de pt e enfeitar o texto. Fodam-se todos.

domingo, 9 de novembro de 2008

Jô e Luisa Ambiel na Banheira do Gugu

ispertinhuuu ~ =DDD

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

A TRISTE HISTÓRIA DE JOSEPH MERRICK, O HOMEM ELEFANTE


"Merrick foi descoberto pelo doutor Treves sendo exibido como aberração num circo na Londres vitoriana, onde se alimenta apenas de batatas e é seguidamente espancado. Era apresentado como "a versão mais degradante do ser humano", e causava repulsa em todos que encaravam aquele corpo humano 90% deformado por uma doença de nascença que só foi diagnosticada oficialmente como "Síndrome de Proteu" em 1996, após exames no esqueleto de John Merrick(um caso grave de neurofibromatose múltipla).

O aspecto de Merrick, segundo dr. Treves, não é somente grotesco, mas um fenômeno da anatomia que precisa ser estudado. John tem o crânio dilatado em grandes bolas ósseas protuberantes, metade do rosto completamente desfigurado com sobras de peles por toda a parte, uma bronquite aguda que o faz respirar com se fosse uma besta assassina, além de grossas saliências escamosas expostas na espinha dorsal, que dão a sua pele a aparência de uma couraça. As únicas partes do seu corpo que escapam da deformidade são, por ironia, sua genitálias e seu braço esquerdo. Inicialmente era considerado um débil mental pela sua dificuldade de falar."

http://www.demoniobasco.fotoflog.com.br




Pois é, que ironia. Vai ver Deus sentiu pena da merda que tava fazendo com ele e, um pouco antes de manda-lo pra cá pra sua cina de desprezo e sofrimento - vai ver ele foi um narcisista nojento em outro vida que matava e maltratava gente feia por "diversão"? -, resolveu o dar ao menos um pau e uma mão. Afinal, se ele não ia conseguir catar ninguém, arregaçado daquele jeito, ao menos as necessidades primarias masculinas ele podia sanar. -> tipo, descabelar o palhaço, cinco contra um, etc...

~

terça-feira, 4 de novembro de 2008

O teaser que jamais foi publicado

Pois bem, é fato que há bastante tempo - me falha na memoria o tempo exato, por isso muito MESMO - eu havia prometido que estaria publicando a GdS Z aqui no blog, de forma a continuar aquilo que ficou estagnado por conta do fim da The Best. Well, eu não vim postar o primeiro capitulo da GdS Z, ainda.

Mas tínhamos um projeto quando a GdS Z encontrava-se no seu auge, na TB. Era um trabalho meu, do Poney e do Okita, que mais tarde acabou por incluir o Riku também. Nunca saiu dos papeis, mas tínhamos grande vontade de produzir. Eu sou um tremendo vagal preguiçoso, então boa parte da culpa pode ser colocada sobre mim, que se quer estudei o programa que usaríamos pra fazer a animação. (Anime Studio 5)

O projeto incluiria participação dos membros na dublagem de seus personagens e era algo muito empolgante pensar em ver aqueles personagens das histórias que minha cabeça doente escrevia, se moverem como bichos vivos. Aliás, o simples fato deles terem corpo, já é incrível. O Okita desenhou todos os personagens. *-*

Bom, quem sabe algum dia o pique volte, eu deixe de ser vagal, tenhamos tempo sobrando apesar de toda a correria, o projeto volte? Será que a GdS Z valeria a pena e faria sucesso como animação? O roteiro, escrito por mim, é bem clichê, conta com as principais e clássicas formulas de um Anime Shounen. Vindo de um otaku como eu, é de se esperar.

Eu me apeguei muito a GdS Z. Fiz muitos planos. Pena que minha vagabundice me leva a passar por longos períodos sem escrever uma linha nova. Um tempo atrás escrevi dois novos capítulos. Bem, é um avanço. Mas foi quase uma semana atrás. Então neste tempo todo eu podia ter produzido bem mais. Não julgo capítulos de grande qualidade. Mesmo eu tendo levado mais de três meses para finalmente escreve-los. Na verdade os únicos que podem julgar são vocês, lendo. Eu geralmente me rebaixo muito, é ridículo. xDD

Bem, fiquem ae com o tease trailler que nunca foi publicado. Está inacabado, e na verdade não é um dos tease traillers, mas um teste feito pelo Okita com uma cena de um dos primeiros capitulos da GdS Z. A personagem é o Tiu Beck e quem o dubla é o próprio Okita. A animação e o desenho também são dele. Espero que curtam!

Comentem! xD